Neste artigo vou falar sobre como abrir um negócio e sobre suas dificuldades. Como tudo nessa vida é ônus e bônus, será muito importante você saber o quanto  é incrível ter o seu consultório, academia, Studio ou clínica, mas também é necessário você saber quais as principais dificuldades que a maioria dos profissionais enfrentam na hora de sair da condição de profissional autônomo e abrir o seu próprio negócio.

Digo isso por experiência própria, aliás este post eu faço para te ajudar a não enfrentar alguns problemas como eu enfrentei e te orientar em como abrir um negócio e minha experiência ao longo de todos esses anos, pois muitas vezes não temos o conhecimento necessário para iniciar e como disse em posts anteriores, nossa graduação é muito técnica fazendo assim com que você tenha dificuldades ao acesso dessas informações.

Independente de qualquer coisa, somente pela vontade de saber como abrir o seu negócio, você ja é um vitorioso, pois sabemos que as empresas em nosso país para se manterem “vivas” precisam se esforçar bastante e dependendo do ramo sofrem impactos de forma diferente que em outros segmentos.

Esses obstáculos são das mais variáveis formas possíveis, desde gestão das pessoas que estão na sua equipe até fluxo de caixa que pode prejudicar muito a sua empresa se não for bem administrado.

Em uma fase do meu negócio onde decidi que queria expandir fui procurar ajuda do SEBRAE, onde fiquei praticamente três anos fazendo cursos, contratando consultorias e estudando maneiras de deixar o meu negócio mais maduro e com base mais sólida possível, e realmente durante todo esse tempo muita coisa mudou e melhorou, mas sempre equilibrando e implantando o que eu recebia de informação e adaptava para o meu negócio.

Os profissionais que trabalham na área da saúde, como é o nosso caso  lidando diretamente com a prestação de serviços, precisamos entender que dependemos de outras pessoas e isso é algo que precisa ser muito bem analisado em seu negócio, como lidar e educar os profissionais que irão prestar esse serviço.

Enfim, separei alguns obstáculos mais comuns que enfrentei e tenho certeza que você ja deve ter se deparado com isso como profissional autônomo ou ate mesmo você que ja tem o seu próprio negócio. Vou lista-los e comentar um a um para explicar de maneira mais objetiva como abrir um negócio.

 1- Burocracia de licenciamento – Muitas vezes nós profissionais pela falta de conhecimentos em leis, regras e regulamentos não temos a mínima idéia do que pode funcionar naquele local que você alugou para ser o seu consultório, academia ou clinica. Posso dar um exemplo prático que aconteceu comigo. Aluguei uma casa para ser o meu primeiro Studio, pois a casa era ideal, a localização incrível e teria muitos clientes devido a isso tudo, mas quando fui verificar na prefeitura, na rua onde estava essa casa era proibido atividades como a minha. Poderia ter um salão de cabeleireiro, um consultório, padaria, mas não poderia de Studio de treinamento físico. Portanto, muita gente acaba se prejudicando no andamento de sua obra ou dificultando o alvará devido a falta de informação

2- Falta de Recursos financeiros – Muitos dos profissionais que iniciam o seu próprio negócio não se planejam nessa questão, pois não deixam reservados um dinheiro no caixa para girar enquanto as contas da empresa ainda estão se recuperando. A maioria do investimento do negócio foi feito através de financiamento ou empréstimo, o que acaba gerando uma taxa de juros muito alta e isso prejudica muito a saúde financeira da empresa. Muitas vezes não existe uma projeção financeira por parte do gestor que sejam confiáveis.

3- Deficiencia de Planejamento – Ja mencionei isso em outro post e falarei novamente pois esse é um fator de extrema importância para o seu negócio. A ausência de um planejamento ou ate mesmo um planejamento mal feito pode fazer com que se tomem decisões erradas e impulsivas, prejudicando a empresa.

Você deve saber sempre onde quer chegar, para também saber que caminho mais adequado deve percorrer. Muitos profissionais não conseguem ter esse tipo de visão pois estão “apagando incêndios” de sua empresa todos os dias por falta de planejamento.

4- A má escolha de colaboradores – Esse é um processo que também ja mencionei em posts anteriores e que é de extrema importância. Um bom colaborador pode fazer com que o seu negócio cresça muito, mas um colaborador ruim também pode trazer muitos prejuízos para você. Falamos sobre o desenho de cargo, essa ferramenta vai lhe ajudar muito a ser mais assertivo na escolha do seu colaborador, quer ele seja uma recepcionista, um outro professor, um fisioterapeuta ou alguem que fique responsável pela limpeza, mas é essencial você saber e ter a sensibilidade de escolher a pessoa certa para a função certa.

5- Definição de preços – Muitos dos profissionais que abrem o seu negócio se baseiam na concorrência para formular preços e esquecem do valor que poderiam agregar na vida dos seus clientes, alunos ou pacientes. Tudo isso porque nunca se questionaram ou ate mesmo porque no seu próprio negócio não existe uma identidade. Quando você tem identidade, conceitos e valores quem faz o preço é você mesmo dependendo do público com que você vai trabalhar e o que vai oferecer a eles.

6 – Carga tributária – Esse item é bem polêmico, pois muitos de nós escutamos outros empresários dizer que se fosse fazer tudo da maneira correta nenhuma empresa no Brasil estaria aberta ate hoje. Realmente sabemos que a carga tributária em nosso país é elevada e acaba sendo fonte de preocupação a todos nós que estamos iniciando um negócio, mas é muito importante ter conhecimento sobre isso e ter um contador de confiança .

Muitas pessoas acabam tendo grandes problemas em suas empresas por não pagar os imposto de forma correta.

Esses itens que separei de como abrir um negócio ,são somente alguns que temos de lidar diariamente em nosso negócio. Esse post não é para desencoraja-lo, mas sim deixa-lo consciente das obrigações que você terá em seu negócio e também lembra-lo que a disciplina e paciência serão necessárias sempre se quiser alcançar o sucesso.

Leia mais sobre planejamento e gestão aqui no Negócios de Saúde.