Nos dias atuais, a denominação “personal trainer” está cada vez mais presente no vocabulário popular e também no de profissionais de Educação Física; mas as pessoas realmente entendem como se tornar um personal trainer e qual a importância desse profissional na saúde física de seus clientes?

Neste artigo, te explicaremos detalhadamente como se tornar um personal trainer, como funciona essa profissão e qual a sua importância para quem está procurando uma ajuda para se desenvolver fisicamente, tanto em uma academia quanto praticando esportes de diversos tipos.

Definição de personal trainer

A tradução literal de personal trainer é “treinador pessoal” e nada poderia explicar melhor a profissão do que seu próprio nome. Esse treinador se trata de uma pessoa -obrigatoriamente formada no ensino superior de Educação Física que tem a capacidade de ministrar e supervisionar planos de treinos que visam os objetivos do cliente e princípios de treino básicos aprendidos no curso.

As regras para ser personal trainer no Brasil podem ser consideradas simples, o que facilita a ascensão constante da profissão; existem duas regras principais de acordo com as leis:

  • ● O personal trainer precisa ter formação no curso de Educação Física;
  • ● O personal trainer precisa ter um registro com seu nome no Conselho Regional de Educação Física (CREF)

Apesar de o profissional precisar somente ser formado em educação física para exercer a função, sabemos que cursos de especialização, pós graduação e outros cursos são ferramentas essenciais para gerar resultado e conhecimento em seus clientes. O personal trainer não precisa exercer a profissão apenas em academias, por ser formado em Educação Física, o profissional pode trabalhar em locais diversos como praças para atividades ao ar livre e até na residência do próprio cliente.

O que o personal trainer faz?

Para resumirmos, o personal trainer tem a função de ajudar um cliente específico a obter os resultados desejados em relação ao corpo. Esse cliente pode ser desde uma pessoa sedentária procurando por um modo de viver mais saudável, até um atleta que precisa treinar com um profissional e melhorar seu desempenho físico.

Algumas pessoas podem pensar que esse profissional serve apenas para motivar os clientes, mas essa ideia é muito errada! Claro que essa é uma de suas funções, mas existem também algumas outras que citaremos a seguir:

  • Elaborar os treinos de acordo com o objetivo do seu cliente

O personal trainer recebe esse nome exatamente por conta de sua função: a principal função desse profissional é criar treinos específicos para seus clientes; ele deve entender os objetivos de seu cliente e basear os treinos nesse objetivo. 

Além de trabalhar com treinos de musculação, o personal trainer também pode te indicar treinos para as inúmeras outras modalidades esportivas, desde que se especialize nelas e muitos outros!

Esses treinos devem superar todas as dificuldades que o cliente possui e devem também se encaixar perfeitamente ao seu cotidiano, portanto, limitações físicas e tempo livre devem ser levados em conta sempre.

  • Dar segurança ao cliente

Muitas pessoas que montam seus treinos sem um acompanhamento profissional acabam sofrendo lesões por conta da execução errada dos exercícios físicos; o acompanhamento de um personal trainer dá uma maior segurança ao cliente, que saberá exatamente como executar cada um dos exercícios do treino.

Portanto, essa é uma vantagem muito grande do acompanhamento de um personal, você terá certeza que está executando os exercícios físicos da forma correta e essa segurança te dará ainda mais ânimo para treinar!

  • Motivar o cliente

Como dissemos, motivar não é a única função do personal trainer mas também é uma delas! Esse profissional pode ser muito útil nesse quesito, já que com a rotina do dia a dia podemos ficar cansados e temos a tendência a desistir de treinar.

Imagine o seguinte cenário: durante um dia chuvoso você está quase desistindo de ir para a academia por conta da preguiça; de repente você recebe uma mensagem te estimulando a ir fazer o treino que está lá preparado com o seu nome e te esperando para ser executado, isso dá uma sensação de tarefa a ser cumprida!

A motivação vai sendo perdida ao longo do tempo e ter um profissional desses renovando essa motivação pode ser extremamente importante para que a constância na academia seja mantida; a sensação de obrigação também ajuda muito, se você está pagando para alguém criar seus treinos, você deve executá-los!

Com certeza agora o conceito de o que é um personal trainer está muito mais claro e exemplificado, lembre-se sempre que os resultados com esse profissional aparecem ainda mais rápido quando você também tem um acompanhamento nutricional.

Leia também sobre planejamento “Experiência: A nova forma de vender” aqui no Negócios de Saúde. Leia também “Meditação para ansiedade:cultivando a presença”