Nos dias de hoje, as pessoas têm buscado bastante por serviços de nutricionistas com a finalidade de obter uma dieta rica em nutrientes e que seja aliada no controle de peso. Se você tem diploma nessa área, pode aproveitar esse momento e dar vida ao seu negócio, quem sabe montar seu próprio consultório de nutrição, hein?

Gostou da ideia? Porém, é importante seguir algumas dicas. Nas linhas a seguir, detalhamos tudo para você.

Qual é o público que deseja atingir?

Antes de colocar no mercado um consultório de nutrição, uma das questões mais importantes é pensar no seu público-alvo. Quem deseja atingir? Qual é a faixa etária ou nicho pretende conquistar?

Você pode atender um público geral (crianças, jovens e adultos), nas diversas finalidades: melhoria na qualidade de vida, práticas esportivas ou perda de peso. Em todo caso, será preciso conhecer bem esse público e buscar as melhores alternativas para atendê-lo.

Caso deseja segmentar, poderá focar basicamente nas demandas da clientela escolhida e buscar conhecimento que possa agregar às suas atividades. O que significa se preparar cada vez mais para oferecer o suporte que o cliente deseja. 

Hoje em dia, dois nichos têm crescido, o vegetarianismo e veganismo, caso tenha interesse nesses segmentos, pode se especializar em nutrição focada nesse público. Em geral, vegetarianos e veganos têm buscado consultar frequentemente um nutricionista, com a finalidade de seguir uma dieta rica em nutrientes e que esteja dentro de suas escolhas alimentares. 

Qual infraestrutura precisa oferecer?

O consultório de nutrição deve contar com uma sala de atendimento que ofereça o mínimo de comodidade e conforto para trabalhar e receber a clientela: 

  • • Buque uma localização de fácil acesso para as pessoas, isso pode atrair clientes;
  • • Será de grande valia também se puder contratar algum profissional para recepcionar os clientes ou atender o telefone. É preciso contar com atendimento ao cliente via fone ou e-mail;
  • • Se achar prático, uma opção é disponibilizar uma conta de WhatsApp somente para isso. Essa estratégia tem sido usada cada vez mais pela área de saúde, na tratativa com os pacientes;

Além disso, em seu consultório, é importante contar com alguns itens fundamentais para executar o trabalho: fita para medição, balança para pesar o paciente, além de aparelhos como, estadiômetro e adipômetro. 

Você também terá de contar em seu consultório de nutrição com receituário e outros conteúdos impressos seguindo as normas do Conselho Regional de Nutrição (CRN). Aproveitando, você pode entrar em contato com a entidade para tirar dúvidas sobre a abertura do seu negócio. 

Atenção: Antes de montar seu escritório, é importante estar com a documentação em ordem para a abertura da empresa, estar ciente dos impostos a serem pagos e normas vigentes. Conte com o apoio de uma consultoria contábil para ajudar nesse desafio. 

Como alavancar o seu consultório de nutrição?

Use em seu consultório de nutrição recursos tecnológicos, como programas computacionais desenvolvidos para nutricionistas. Essa ferramenta é uma aliada importante para acompanhar o histórico do paciente, elaborar a dieta, conferir tabela de nutrientes, além de agendar consultas e cuidar de recebimentos. 

Existem várias opções no mercado, consulte a mais adequada às suas necessidades no consultório de nutrição

Outra sugestão é trabalhar na divulgação boca a boca, como deixar seu panfleto de divulgação do negócio, com base em parceria com:

  • • Lojas de produtos naturais;
  • • Restaurantes;
  • • Clínicas de saúde; 

Nessa opção, você também poderá disponibilizar o panfleto do parceiro em sua clínica de nutrição. É uma ação sem custo e que pode trazer frutos para todos.

Outra ferramenta potente é o Instagram, rede social que tem crescido muito nos últimos anos. Que tal criar um perfil na rede com dicas preciosas, por meio de fotos e vídeos? Isso contribui para engajar sua marca. Vale tentar!

Erros que você deve evitar 

Algumas questões podem comprometer o sucesso de seu negócio como: falta de divulgação, não buscar engajamento dos clientes e não contar com recursos de infraestrutura básica para atendimento no consultório de nutrição

Além disso, profissionais desatualizados e que não passam segurança quanto ao conhecimento podem comprometer a saúde do negócio. Pense bem sobre isso!

É importante também caprichar no atendimento e estar disponível para oferecer o melhor serviço ao público. Tudo isso é fidelização. Dessa forma, adote algumas regras:

  • • Divulge seu negócio;
  • • Estude muito, se informe sobre novidades da área
  • • Busque por cursos que ajudam a fidelizar a clientela;

Atender em casa vale a pena?

Outra opção que tem ganhado espaço é o atendimento nutricional na casa do paciente. Você terá de aplicar as mesmas regras do consultório: contar com material impresso exigido, elaborar planejamento alimentar, usar recursos para monitorar esse histórico e acompanhar toda a jornada do paciente. Pode ser uma boa opção para quem ainda não deseja abrir seu próprio consultório de nutrição

Leia mais sobre planejamento e gestão aqui no Negócios de Saúde. Leia também “Auto-estima: 5 hábitos para aumentá-la