Neste artigo vou complementar o anterior com mais alguns princípios de liderança. Até agora você conseguiu perceber que liderar é bem diferente de comandar, certo? Percebeu que para ter o seu consultório , clinica ou academia , você realmente precisa de parceiros e não funcionários. Isso se aplica a qualquer negócio, independente da área de atuação.

Se você é uma pessoa que tem facilidade e uma sensibilidade maior todo esse processo fica mais fácil, agora se você tem alguns traços de autoridade e inflexibilidade de pensamento e compartilhamento de idéias, todo esse processo é mais doloroso, mas não tem jeito, a liderança é algo que você conquista baseado na confiança e admiração.

Mas isso precisa ser sincero, ter honestidade nas atitudes e palavras para com seus colaboradores e fazer com que os resultados, bons e ruins, tenham a participação de todos.

Vou expôr neste artigo, mais quatro princípios de liderança. Como no artigo anterior, pode ser que muita coisa você se identifique e pode ser que muita coisa também não. O segredo é trabalhar dentro do que é mais difícil pra você, pois o que for mais fácil ou o que você ja faz é natural, o importante é sair da zona de conforto e equilibrar suas atitudes para fazer com que você consiga ser um líder por completo.

Princípio 6 – Elogie o menor progresso e elogie todo o progresso; Seja “sincero na sua apreciação e pródigo no seu elogio”

Quando vamos adestrar um animal como um cachorro por exemplo, a cada gesto como deitar e rolar no chão que ele faz, o treinador da um biscoito, faz um elogio ou um carinho no bichinho. Por que com nós seres humanos teria de ser diferente? Por que ao invés de elogiar alguem quando queremos que ela desempenhe um bom trabalho ou quando realizou um bom trabalho, aguardamos ela com um chicote. Por que não não utilizamos o elogio ao invés da condenação. Claro que sabemos que existem momentos que é necessário chamar a atenção, dar uma advertência ou ate mesmo uma bronca, mas faça isso de maneira inteligente.

Elogie a menor melhoria, pois isso inspira a outra pessoa a evoluir sempre

Princípio 7 – Proporcione à outra pessoa uma boa reputação para ela zelar

Em muitos negócios como por exemplo o meu, ja tive colaboradores que iniciaram super empolgados, gerando ótimos resultados, mas que ao longo do tempo começaram a “relaxar”, era nítido que o desempenho tinha caído por um comodismo, isso é natural do ser humano. Toda vez que ele se acostuma e entra em sua zona de conforto, acaba produzindo menos. O importante nesses momentos é o diálogo sincero, é você demonstrar para essa pessoa o quanto ela ja produziu e a reputação que ela tem no seu negócio perante todas as pessoas que trabalham, inclusive você. Isso fará com que ela queira honrar novamente com o compromisso que ela firmou no início com você. Pois afinal a reputação de uma pessoa é uma das coisas mais valiosas que podemos carregar.

Princípio 8 – Empregue o incentivo. Torne o erro fácil de ser corrigido

Faça com que o trabalho de qualquer pessoa pareça fácil dentro do seu negócio. Nunca diga a alguem que ela terá de escutar uma tarefa complicada, pois isso ja cria dentro da cabeça de seu colaborador um bicho de sete cabeças. Incentive os seus colaboradores ao errarem olharem os erros de outra maneira, não como um julgamento ou algo que deu muito errado, mas sim a algo que pode ser consertado de maneira tranquila. Você dizendo as outras pessoas que ela é estúpida ou inútil em determinada tarefa somente irá destruir o icentivo para uma possível tentativa de melhora.

Princípio 9 – Faça outra pessoa sentir-se feliz realizando aquilo que você sugere

Muitas vezes pode acontecer com você de ter pessoas trabalhando em seu negócio que não entram no “esquema” na sua clinica, consultório ou academia. Avisos, discussões e repreensões de nada adiantam pois a pessoa continua cometendo os mesmos erros. Quando você entrega a essa pessoa uma responsabilidade maior como por exemplo, se você tem um professor que dá aulas em sua academia somente e entrega a ele um cargo de coordenador dos demais professores, isso pode ser que faça com que a pessoa enxergue tudo de oura maneira e comece a fazer as coisas da maneira que você precisa.

Para finalizar esse artigo sobre liderança vou deixar aqui um pequeno roteiro também do livro “Como fazer amigos e influenciar pessoas” de Dale Carnegie.

1- Seja sincero. Sempre quando for tomar uma atitude, pense em quem irá se beneficiar, você ou os outros? Somente tome uma atitude caso seja de bem comum.

2- Saiba exatamente o que deseja que a outra pessoa faça

3- Seja simpático. Se coloque no lugar da outra pessoa e tente imaginar o que ela quer

4- Reflita sobre o que as outras pessoas ganharão fazendo o que você sugere

5- Faça com que todos esses benefícios aconteçam para as outras pessoas 

6- Quando der uma ordem, pense de uma forma que a outra pessoa entenda que será bom pra ela também. 

Leia mais sobre “Liderança: 5 princípios para liderar” e produtividade aqui no Negócios de Saúde.