Depois de muitos anos trabalhando como Personal Trainer comecei a mentalizar e perceber que independente de dar sete aulas ou treze aula durante o dia, sempre acabava exausto. Na maioria das vezes conseguia perceber que o motivo dessa exaustão era devido a ter mil coisas na minha cabeça para resolver e querer fazer isso tudo de uma só vez. Demorou, mas aprendi a organizar melhor e colocar criar minhas atividades estruturais, rotineiras e emergenciais. 

Essa ferramenta me ajudou bastante, pois consegui tirar muita coisa da minha cabeça e transferir para o papel, com datas, prazos para executar determinada ação, mas mesmo assim tinha dias que parecia que eu trabalhava muito e produzia quase nada e isso tudo gerava muita frustração.

Depois que iniciei o meu negócio e tive de aprender de algumas maneira a procurar o que fazia com que meu trabalho não rendesse tanto o quanto eu queria, pois na minha cabeça eu era uma pessoa produtiva. Eu acordava cedo, cumpria minhas tarefas, fazia reuniões e cursos, mas ao mesmo tempo não estava observando a qualidade desse tempo que eu destinava a minha produtividade

Eu tinha muitas tarefas para realizar, minha cabeça ficava o tempo toda pensando nessas tarefas mesmo tendo muita coisa organizada em tabelas, planilhas e anotações.

Foi quando por um acaso comecei uma formação para professores de yoga. Nunca me imaginei dando práticas de yoga, mas ao mesmo tempo sempre existiu uma busca dentro de mim pela minha qualidade mental e pessoal e achava que com o yoga poderia melhorar a maneira como conduzir minha produtividade dentro do negócio.

Conheci a prática da meditação, onde durante o início tive muita dificuldade em mentalizar e conseguir entender todo o processo de manter a mente tranquila enquanto os pensamentos vinham e iam, uma verdadeira reeducação mental, pois estamos condicionados todo o tempo a responder estímulos. Portanto, se estamos lendo e recebemos uma mensagem or WhatsApp, a tendência é pararmos nossa leitura e responder a mensagem, logo em seguida apita o alerta de e-mail e por consequência paramos e respondemos aquele e-mail que estávamos esperando. Enfim, a mentalizar faz com que as distrações externas não prejudiquem a tranquilidade e o aquietamento da mente.

Quando comecei a conviver um pouco mais nesse “mundo” freqüentando centros budistas e ate fazendo um curso de meditação em Los Angeles, E.U.A, percebi que poderia ser muito mais produtivo a partir do momento que tivesse organizado em minha mente tudo assim como tenho em planilhas, tabelas e anotações.

O meu principal erro foi achar que o quanto mais eu trabalhasse, mais iria ter resultado . O ideal é você produzir nos momentos certos, mas o trabalho de relaxamento e mentalização são importantíssimos para gerar bons resultados. Saber mentalizar faz com que você seja mais produtivo.

Carregamos crenças muito antigas as vezes de nossos pais e avôs onde eles nos dizem que para conquistarmos as coisas em nossa vida é necessário um trabalho árduo e duro, concordo 100% com isso, mas a partir do momento que seja bem direcionado. De nada adianta gastarmos energia e tempo focando em algo que não trará resultados positivos.

Por exemplo, eu sou uma pessoa que gosto muito do meu trabalho e perco as horas quando estou envolvido , mas sei que em determinado momento preciso dizer a mim mesmo para parar e relaxar um pouco, me distrair, fazer o meu esporte , pois caso contrario eu acabo entrando em um “loop” de improdutividade, acabo revendo assuntos que ja foram resolvidos, coisas que sei que não precisariam ser focadas novamente, mas pelo fato de achar que temos de trabalhar o tempo todo acabaria me apegando a isso.

Quando percebo que as coisas estão direcionadas, tudo esta caminhando e organizado, não existe a necessidade de trabalhar, nossa mente precisa mentalizar isso.

Os momentos de descanso e relaxamento são extremamente importantes para se manter produtivo, e o principal é que você não se sinta culpado por estar aproveitando e relaxando. Todos nós precisamos nos organizar para isso, pois sabemos que assim como uma pessoa que faz muito esporte e entra em um “overtraining” , pessoas que trabalham muito e não pensam em outras coisas como aproveitar mais o tempo com a família, ou tirar férias para viajar a descanso também podem adoecer.

Ser produtivo não quer dizer trabalhar vinte e quatro horas do seu dia, mas sim produzir na hora certa. Por isso mentalizar pode ajudar nesses momentos, alem de aquietar e tranquilizar a mente, você começará a se auto observar, a se auto conhecer e começará a entender o porquê você tem determinados pensamentos e emoções. Você vai começar a se questionar o porquê de estar fazendo igual ao que outras pessoas disseram para você fazer.

Através dessas observações internas você começará a conduzir as coisas de maneira diferente, você vai conduzir a sua maneira. 

Lembre-se que de nada adianta você trabalhar muitas horas do seu dia para provar a sua mente que você é uma pessoa produtiva e não ter bons resultados. Muitas vezes é mais importante você fracionar esse tempo todo com pausas de descanso e mentalização, que farão com que você se torne mais focado e mais produtivo.

Os problemas e tarefas sempre irão existir, a forma como lidamos com isso é o que fará toda a diferença. Hoje consigo ter mais tranqüilidade para mentalizar e observar todos os meus pensamentos e deixar eles entrarem em minha mente e da mesma forma que entram, saem sem fazer com que me sinta ansioso ou preocupado. Isso requer prática, treino e disciplina.

O escritor Daniel Goleman escreveu um livro chamado “A ciência da meditação” onde fala de uma forma mais cientifica sobre o que ela pode te ajudar a ser mais produtivo e ter uma vida melhor.

Leia também sobre produtividade e gestão aqui no Negócios de Saúde. Saiba mais sobre os “Benefícios da meditação“, no Blog Zen.